23 maio 2018

[Resenhando conto] Ao Cair da Noite


Autor(a):Stephen King
Editora: Suma de letras
Número de páginas: 398
Ano de lançamento:2011
Sinopse: Ao cair da noite, os mortos estão por toda parte, seja ouvindo música country em "Willa", ou ligando para casa de um celular, como no conto The New York Times a preços promocionais imperdíveis. Mas, nessas histórias, os vivos não estão em melhores condições, e algo terrível está sempre à espreita. EM A bicicleta ergométrica, uma rotina de exercícios visando reduzir o colesterol ruim pode levar um homem a uma viagem inspiradora - e aterrorizante. A Fronteira que separa os vivos dos mortos é muitas vezes enganosa, e os fios que mantêm os indivíduos presos à realidade podem se romper a qualquer momento. EM As coisas que eles deixaram para trás, os pertences de mortos do 11 de Setembro começam a perseguir um sobrevivente atormentado pela culpa. NO conto N., o transtorno obsessivo-compulsivo de um indivíduo em contar um círculo de pedras - são sete ou oito? - é a única coisa que mantém a humanidade protegida do desconhecido. EM Mudo, um vendedor ambulante de livros dá carona para um mudo, sem saber que o homem silencioso no banco do carona escuta bem até demais. AO cair da noite é o momento em que nada é o que parece. A Hora perfeita para ler Stephen King.


Ao cair da noite é mais uma coletânea de contos do Stephen King,  contendo treze contos, cada um com seu toque e aqui vemos King se divertindo enquanto coloca à prova  a imaginação ( e a coragem) de seus leitores.
   Vou falar brevemente sobre cada um deles.

   Willa- Esse conto possuí uma sutileza e um certo romantismo mesmo que não seja evidente, mesmo não sendo o melhor do livro, vale á pena dar uma chance.

A corredora- Gostei muito como King conduziu esse conto,de início algo que me lembrou um pouco de drama sobre a depressão e depois o transformou em algo muito pior, mais agonizante e aterrorizante.

O sonho de Harvey-Rápido e  claro, um conto que fala sobre premonições de forma bem simples.
Posto de Parada- O próprio King assume que seu alter ego Bachman deu as caras  por aqui, não é um conto exatamente  elaborado, mas tem seu valor.

Bicicleta Ergométrica- Esse conto demora para chegar a onde interessa, mas quando chega conduz o leitor junto com o protagonista em uma viagem nada agradável.

As coisas que eles deixam para trás - Claramente escrito pensando no onze de setembro, não foi aquele que me chamou mais atenção, mas aqui King capturou bem a essência de quem teve que lidar com a tragédia.

Tarde de formatura- Esse foi um dos rápidos, nada de tão surpreendente.
N-Esse de início achei que não ia empolgar, mas é incrível perceber como até em uma história que fala sobre TOC King consegue atribuir algo de sobrenatural que leva ao horror e nos faça pensar "no que isso vai dar?"

O gato dos infernos- Esse foi de longe  um dos meus favoritos, mas não recomendo para quem te medo ou ama demais gatos, esse conto me lembrou o estilo Poe na escrita, em relação ao seu conto "O gato preto".

The New York times a preços imperdíveis- Esse conto é de certa forma comovente e também reflexivo, nos faz pensar na morte e nos acasos da vida para quem fica.

Mudo- Eu achei que esse foi o alívio cômico do livro, muito divertido e com um bom final.

Ayana- Confesso que não fui de primeira nesse conto, tive que reler para gostar e entender a simplicidade do conto, achei lindo e sua narração em primeira pessoa acrescenta mais sentimentalismo a tudo.

No maior aperto- Um conto que envolve banheiro químico, o que se esperar? Algo nojento com um toque de King.

E ai? O que acharam da resenha? Se interessaram por algum conto em especial? Comenta ai!

10 comentários:

  1. Olá, eu acho incrível a forma como King cria ambientações tão diferentes mesmo em contos curtos, ele aborda vários temas e sempre de forma bem elaborada. É comum ao lermos contos não nos identificarmos com todos, mas ainda assim fico impressionada com toda a criatividade do autor e como seus personagens são tão reais.
    Ainda não li esse livro, mas espero ter a oportunidade em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá!! :)

    Devo confessar que não conhecia esta coletânea, mas ainda bem que gostaste! Enfim, eu nunca li nada do autor, mas tenho bastante vontade!

    Percebi que, de uma forma geral, encontraste pontos bastante positivos em cada conto, fiquei com vontade de ler alguns!! :) ahahah

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  3. Oie! Infelizmente não consigo gostar do Stephen king, tentei um zilhão de vezes mais a escrita dele não me entra. Até hoje tenho alguns livros dele parados na minha estante. Fico triste com isso, pois a maior parte dos meus amigos são fa dele.

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li nada do King, acho que seria uma boa ideia começar por um livro de contos para ir me familiarizando com a escrita dele. Vou anotar esse livro para procurar adquirir. Valeu a dica. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oiiieee


    Do King li Misery e apesar de ser legalzinho confesso que esperava mais da escrita do autor, achei a narrativa dele bem cansativa e metódica demais em certos momentos. De momento acho que deixaria passar, não estou numa vibe pra ler algo dele, mas quem sabe um dia já que histórias mais curtas dele podem ser mais interessantes pois acredito que aí ele não se prenda à muitos detalhes às vezes desnecessários.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  6. Eu acho legal que Stephen King seja tão amado por seus leitores. Uma pena que seu estilo nunca me atraiu, nem para contos, como é o caso desse livro em questão.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Ainda não sabia dessa coletânea, mas confesso que é uma leitura que nem cogito. Se tem um gênero que não leio é terror e, por isso, os livros do King são sempre leituras que eu descarto imediatamente. Além disso, não sou muito fã de contos, então, é uma leitura que realmente foge do meu estilo.
    De qualquer forma, para os fãs do autor parece ser uma leitura que vale a pena.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Olá! O King escreve bastante coletâneas de contos que fica difícil de acompanhar haha.. Mas parece ter alguns que realmente vale a pena estar lendo.. Tenho uma amiga que ama os livros do King e com certeza ela vai gostar de saber que esse livro tem bastante contos interessantes.. Gostei da forma que vc conseguiu trazer sobre todos os contos do livro de forma rápida e simples!

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  9. Oie
    adoro demais o autor mas ainda não tive oportunidade de ler esse e os outros novos livros dele, vou anotara sdica e adorei sua resenha, muito boa

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá!!
    Tenho muito curiosidade em ler algo do King, mas ainda não tive a oportunidade. Vou anotar aqui sua dica.

    ResponderExcluir

imagem-fundo imagem-logo