16 agosto 2017

[RESENHA] Born To Run

Autor(a):Bruce Springsteen
Editora:Leya
Número de páginas:496
Ano de lançamento:2016
Sinopse:Bruce Springsteen por ele mesmo: a autobiografia que está sacudindo o mundo.
Um dos artistas mais admirados e influentes da história do rock and roll mundial, Bruce Springsteen passou os últimos sete anos escrevendo secretamente a história de sua vida. O resultado é Born to run, esta autobiografia extraordinária, que a LeYa publica quase que simultaneamente ao lançamento mundial. 
O livro, que se tornou um best seller instantâneo e atualmente ocupa a quinta posição entre os mais vendidos da Amazon americana, carrega a mesma honestidade, humor e originalidade que Bruce imprime a suas canções. Nele, o músico descreve sua criação católica, a obsessão pela carreira musical, o início em bares ao apogeu da E. Street Band e, com muita sinceridade, fala pela primeira vez das batalhas pessoas que inspiraram seus melhores trabalhos. 
Born to Run será reveladora para qualquer um que goste de Bruce Springsteen, mas vai muito além das memórias de um legendário astro do rock. Este é um livro para trabalhadores e sonhadores, pais e filhos, apaixonados e solitários, artistas, loucos, e qualquer um que já tenha desejado ser batizado nas águas do rio sagrado do rock and roll. E se torna indispensável por trazer a reflexão sobre o posicionamento do artista e o papel da cultura em um contexto de crise e perda de valores humanos. 
Raramente uma lenda como Bruce contou sua própria história com tanta força e vigor. Como nas canções (“Thunder Road,” “Badlands,” “Darkness on the Edge of Town,” “The River,” “Born in the U.S.A,” “The Rising,” e “The Ghost of Tom Joad,” para ficar somente com algumas), sua autobiografia foi escrita com o lirismo de um poeta singular e a sabedoria de um homem que refletiu profundamente sobre suas experiências

   Hey leitores inconstantes! Hoje eu trouxe uma resenha de uma autobiografia que eu queria a tempos resenhar,de ninguém menos que Bruce Springsteen,um dos maiores astros do rock,talvez muito de vocês não o conheçam, mas com certeza já ouviram falar dele em algum momento,principalmente pela suas passagens aqui no Brasil,onde ele sempre arrasa!


Tinha dois braços, duas pernas, dois olhos como ele. Era horroroso, mas vamos pular essa parte... então, o que estava faltando? A GUITARRA! Ele batia nela, se encostava nela, dançava com ela, gritava com ela, a apertava, acariciava, segurava na frente de seus quadris e, de vez em quando até tocava.


  Começo essa resenha dizendo que não sou fã dele, mas por influência da minha mãe, conheço algumas músicas e quando vi o livro me senti curiosa para saber um pouco mais a respeito dele,confesso que me surpreendi  bastante conforme fui avançando na leitura.
Pais de Bruce

  "Born to run" trata-se de uma autobiografia bem detalhista, divida em três livros,o primeiro sendo nomeado de "growing up" que se foca mais na infância do cantor e como era sua relação com a familia,o segundo nomeado "Born to run" nos mostra a ascensão de Bruce na música e como nada veio fácil, nele também conhecemos um pouco melhor a sua banda,a e-street Band, e o último livro chamado "Living Proof",temos um visão mais intima da vida de Bruce na vida adulta,nele conhecemos a história de como conheceu a sua esposa e como foi a sua experiência de ser pai,afinal não é só de rock que se vive.

Aos 24 anos já tinha sentido  o gosto desse mundo e,para o melhor ou pior, era essa vida que queria viver.



   Em todas as partes do livro é possível perceber a espontaneidade, assim como em sua vida,Bruce foi intenso na sua escrita,como uma linguagem muito simples na qual ele parece está tendo uma conversa franca com o leitor,a leitura nos leva a muitas reflexões se baseando nas situações vividas pelo astro.


O material que levou sete anos para chegar o resultado final,segundo Bruce, deu como fruto uma maravilhosa leitura especialmente para quem é fã, enquanto eu lia,intercalei entre momentos divertidos,tensos e também comoventes. Mas apenas uma ressalva: eu recomendaria esse livro em três situações: Se você é fã de Bruce Springsteen, se interessa por biografias ou gosta de ler,independente do gênero literário, caso você não se encaixe em nenhum desse requisitos,será difícil se apegar a leitura e conclui-la.

 Aprendi que todos nós precisamos de um pouco loucura.O ser humano não consegue sobreviver só com sobriedade

 Outro ponto que eu não poderia deixar de fora foi o capricho da editora Leya com a edição, folhas amareladas e grossas como a maioria dos leitores gosta e a impressão de fotos em papel fotográfico, fotos essas vindas do acervo pessoal de Bruce e que enriqueceu ainda mais seu livro.

"Born to run"não é só um presente e tanto para os fãs de Bruce Springsteen, como também é ideal para aqueles que tem um pouco de curiosidade sobre a sua vida,mesmo que não seja tão 





Ressaltando que essas só são alguma das fotos contidas na biografia,eu aqui apenas selecionei algumas.

17 comentários:

  1. Olá!
    Nunca curti muito autobiografias, ou biografias, mas para quem é fã deve ser um prato cheio!
    Gostei muito do seu post e do cuidado que você teve em colocar algumas fotos, mas essa é uma leitura que não é bem meu estilo (talvez por eu também não ser tão fã do Bruce Springsteen.
    Bjos!
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro biografias, mas como não sei nada sobre o biografado, eu não me interessei muito pela leitura. Achei a arte gráfica bem caprichada e com certeza os fãs vão adorar.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oieee
    Já ouvi bastante Bruce. Gosto bastante do estilo de música.
    Porém ainda não sabia sobre o livro e por ser uma biografia não entrou muito para a lista dos meus desejados.
    Acredito que para quem goste desse gênero seja uma boa aquisição,
    Bjo

    ResponderExcluir
  4. Oi
    Parabéns pela resenha, ficou bem singela. Conheço o livro, mas não é bem o meu estilo de leitura, por isso irei passar a dica dessa vez, aposto que os fãs irão se deliciar com a leitura.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. Oie! Tudo bem?

    Não conheço o cantor, mas sou suspeita porque dificilmente sei quem canta as musicas que escuto kkk então né... Mas gostei bastante da sua resenha, o livro por mais que saia da minha zona de conforto parece ser bem interessante, e irei procurar mais sobre ele!

    Bjss

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Confesso que só conheço uma música dele, e embora tua resenha seja bacana e o livro pareça interessante, não sou fã de biografias.. grata pela dica ♡ luz pra você :*

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Confesso que não gosto muito de biografia, mas essa me chamou a atenção.
    Ainad mais que tem bastante fotos, e eu gosto de ver um pouco da vida de alguma celebridade. Vou anotar essa dica para conferir o livro futuramente.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  8. Hi baby, tudo bem? gosto bastante de biografias, gosto de conhecer mais sobre os artistas ou outras personalidades, eu adoro as musicas do Bruce mas não conhecia esse livro, acho uma boa conhece-lo, adicionarei a minha lista de futuras leituras.

    Lilian Valentim
    https://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Oiee ^^
    Gente, que vergonha, acho que não conheço esse homem *-* talvez já tenha escutado suas músicas, mas não reconheço seu nome e nem seu rosto...hehe #shameonme
    Acho interessante ler biografias e autobiografias, mas confesso que não sou uma mega fã do gênero...haha' de vez em quando arrisco ler alguma. Gostaria de conhecer a história do Bruce :)
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Eu não conhecia esse artista! Gosto bastante de rock e de biografias, mas só leio quando sou muito fã... Vou procurar conhecer o trabalho do Bruce, quem sabe no futuro eu pegue esse livro para ler também :D Gostei da resenha!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Cara, na verdade eu nem sei quem ele é, acredita? Nossa, eu sou muito do mundo pop mas conheço pouco do outro mundo do rock, mas neste caso fico fora. Gosto de biografias, mas não costumo ler de pessoas famosas, a não ser em casos em que não sejam youtubers e afins, sabe?

    ResponderExcluir
  12. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Sou muito fã desse astro do rock, tenho várias músicas dele em meu celular e, por isso, fiquei bastante interessada na leitura! Vou anotar nos desejados, mas, não poderei ler nesses dias pois tenho muitas leituras atrasadas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi.

    Olha, por fotos e pela capa eu não conheço mesmo esse músico. Eu não gosto muito de biografias, então, não me interessei muito pela obra. Param quem gosta desse gênero e do artista, tenho certeza que será uma boa leitura. Mas, no meu caso, vou deixar passar a dica dessa vez.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oii!
    Não costumo ler biografias, exceto quando elas me interessam muito. Gostei de conhecer suas impressões sobre essa e achei legal a biografia ser detalhista, sinto falta disso em alguns dos livros do gênero que li.
    As fotos e a resenha estão impecáveis, mas vou passar a dica.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Realmente não sou fã de biografia e ainda não tinha ouvido falar de Bruce Springsteen (sim, sou alheia ao mundo) mas eu realmente adorei a diagramação do livro, repleto de fotos e tudo mais. Tenho certeza que os fãs desse astro do Rock irão se apaixonar! ❤️
    Um beijo

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?

    Não curto o gênero. Tenho zero interesse de saber sobre a vida alheia e além disso acho que nunca ouvi uma música dele. Hahahahha
    Achei a edição bem caprichada, não me espanta ela ter levado um certo tempo para ser confecionada.

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Eu gosto de ler biografias, mas só dos artistas que eu acompanho. Tipo, eu li poucas biografias na minha vida, mas não teve uma em que eu não tenha amado. Li a biografia da banda Metallica, do Tim Maia, Johnny Ramone e mais umas outras duas e sempre acho inspirador e muito comovente. É legal saber quais foram suas influências e batalhas travadas pra chegar onde chegaram.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir

imagem-fundo imagem-logo